Palavras com LH

A gramática do português é bastante complexa, existe uma grande variedade de regras para a formação, pronúncia e escrita de todas as palavras. Dentre essas muitas, existem as palavras com LH, e são essas que veremos aqui.

Para entender como funcionam as palavras com LH, vamos primeiro prestar atenção em alguns conceitos importantes, como o encontro consonantal, sílabas, fonemas e dígrafos.

A sílaba LH é considerada como um dígrafo, e é talvez o dígrafo mais comum da língua portuguesa, existem centenas de palavras com LH.

Para se ter noção de conhecimento da língua portuguesa, ela é derivada do latim, e existem mais ou menos 250 milhões de falantes no mundo, fazendo do Português a quinta língua mais falada do planeta.

Tanto na quantidade de falantes e tanto nas regras, o português é bastante complexo. Existem centenas de conceitos e regras sobre nossa língua mãe, fazendo dela uma das mais difíceis de se aprender no mundo.

Conheça palavras com LH no meio

Palavras com LH

Alguns exemplos de palavras com LH no meio:

  • Velho
  • Gentalha
  • Migalha
  • Orvalho
  • Brilhante
  • Acolher
  • Mulher
  • Encolher
  • Barulhento
  • Polvilho
  • Repolho
  • Molhar
  • Trabalho
  • Humilhar
  • Pilha
  • Detalhe
  • Filho
  • Maravilhoso
  • Brincalhão
  • Orelha
  • Milho
  • Mergulho
  • Ovelha
  • Folheado
  • Gargalhar
  • Molhado
  • Olhos
  • Milhões
  • Malhado
  • Carvalho
  • Espelho
  • Galho
  • Palhaço
  • Calhar
  • Malhar
  • Evangelho
  • Brilho
  • Artilheiro
  • Muralha
  • Alho
  • Vasilha
  • Toalha
  • Vermelho
  • Planilha
  • Mexilhão
  • Falhar
  • Mergulho
  • Velhice
  • Cedilha
  • Palhinha
  • Pentelho
  • Telhado
  • Folhetim
  • Envelhecer
  • Empalhar
  • Baralho
  • Alheio
  • Compartilhar
  • Orgulho
  • Canalha
  • Colher
  • Talher
  • Assoalho
  • Quadrilha
  • Ilha
  • Atalho
  • Ralhar
  • Entulho
  • Recolher
  • Cavalheiro
  • Galho
  • Espelhar
  • Aparelho
  • Filhote
  • Ilhéus
  • Estilhaço
  • Zarolho
  • Grisalho
  • Navalha
  • Bolha
  • Presilha
  • Espalhar
  • Milharal
  • Piolho
  • Grelha
  • Palheiro
  • Agulha
  • Medalha
  • Borbulhar
  • Coalhar
  • Embaralhar
  • Olhada
  • Trapalhão
  • Gargantilha
  • Esbugalhado

Dígrafo LH

Assim como CH e NH, o LH é um dígrafo que nunca se separa, portanto, sempre será um dígrafo. Porém, é muito comum haver dificuldade em diferenciar o LH do LI, pois eles têm um fonema parecido.

Alguns exemplos da semelhança e dos erros gramáticos comuns entre o dígrafo LH e a sílaba LI:

Brasília – Brasilha

Ovelha – Ovelia

Famílha – Família

Auxílio – Auxílho

Italha – Itália

Mobília – Mobilha

Por outro lado, há palavras na língua portuguesa que se diferenciam apenas no dígrafo LH e na sílaba LI.

Encontro consonantal

O encontro consonantal, como o próprio termo diz, é o encontro de duas ou mais consoantes presentes em uma palavra. Parece ser simples, mas existem algumas regras.

Existe o chamado “encontro consonantal perfeito”, ele ocorre quando há o encontro consonantal em uma mesma sílaba, ou seja, quando as consoantes não podem ser separadas silabicamente.

Exemplos de um encontro consonantal perfeito: Bruxa, Prazer, Flertar, Flor, Brasil, Trabalho, Frio, Treino, Vidro, Cabra, Encontro.

O “encontro consonantal imperfeito” ocorre quando o encontro entre consoantes é dividido silabicamente, quando as consoantes são separadas.

Exemplos de encontro consonantal imperfeito: Almoçar, Dormir, Objeto, Consonantal, Termo, Encontro, Perfeito, Infindas.

E há também o “encontro consonantal misto”, quando há na mesma palavra um encontro perfeito e um encontro imperfeito.

Exemplos de encontro consonantal misto: Distração, Filtro, Destruir.

 

Dígrafo

Há algumas letras que quando se encontram emitem um só som, quando isso ocorre, esse encontro é chamado de dígrafo.

Por exemplo, as letras “RR” na palavra “Corre” formam um só som, esse é um exemplo clássico de dígrafo. Aliás, quando duas consoantes fazem um encontro como esse, não é considerado um encontro consonantal, e sim um dígrafo.

Então, falando de palavras com “LH”, o LH não é um encontro consonantal, e sim um dígrafo. Há diversos tipos de dígrafos, vamos ver alguns.

Dígrafos consonantais: Esses dígrafos ocorrem quando duas consoantes se juntam com formando um único som, os dígrafos consonantais são:  lh, ch, nh, rr, ss, qu, gu, sc, sç, xc, xs.

XS: Exsudação; Exsudar;

XC: Excepcional; Exceto; Excelente

SÇ: Cresço; Desça; Nasça

SC: Piscina; Obsceno; Crescer; Descida; Adolescente

GU: Guerra; Dengue; Guitarra; Guiana

QU: Esquecer; Máquina; Querer; Questão; Toque

SS: Passar. Assobiar; Passarinho; Assoalho; Assassino

RR: Carro; Morrer; Serra; Sorrir; Barriga; Churrasco

NH: Amanhecer; Apanhar; Senhor; Dinheiro; Banho

CH: Chamar; Achar; Cheirar; Chapa; Mochila; Cachorro; Chuva

LH: Velho; Molho; Migalha; Filho; Coelho; Mulher

Dígrafos vocálicos: Os dígrafos vocálicos ocorrem quando uma vogal é seguida por M ou N, e formando um só som, nesse caso, prolongando o som da vogal. Os dígrafos vocálicos são: am, em, im, om, um, an, en, in, on, un.

UN: Mundo; Vagabundo; Ungir; Nunca; Junto; Defunto

ON: Onda; Ontem; Ponte; Pontaria; Montanha; Tonto; Elétron; Próton

IN: Incêndio; Incapaz; Inscrito; Domingo; Lindo; Pintar; Brincar; Darwin

EN: Encontro; Envelope; Ensino; Engano; Fazenda; Pente; Tentação; Centro

AN: Anjo; Antes: Andar: Cantar; Bandeira: Esperança; Van

UM: Chumbo; Cumprimento; Umbigo; Comum; Atum; Jejum;

OM: Ombro; Escombro; Arrombar; Bombeiro; Bomba; Bombom

IM: Impaciente; Importante; Impossível; Símbolo; Impacto; Boletim

EM: Empada; Emprego; Empate; Sempre; Tempo; Homem; Dezembro

AM: Âmbar; Ambulância; Ambulante; Tambor; Rampa; Sarampo

Porém, não é regra que toda vez que essas letras se encontrem vai haver dígrafo. Por exemplo, o dígrafo QU e GU nem sempre será um dígrafo, somente se for seguido de I ou E, ou quando o U não for pronunciável.

Em: “Aquário; Tranquilo; Aguentar e Água” o dígrafo não ocorre

O SC é outro que não é dígrafo se seguido de A, O, U, L ou R. Em: “Escada; Escravo e Escolha”.

Em relação ao XC, ele só é um dígrafo quando é seguido por I ou E: “Excelente; Excitado; Exceção”

 

A origem da Língua Portuguesa

O Latim era a língua oficial durante o grande Império Romano, que na época, chegou a atingir toda a Península Ibérica. Porém, o latim difundido nessa região foi o latim vulgar, que era a língua usada pela plebe no Império.

Com o passar dos séculos, a língua sofreu alterações e influências dos povos germânicos e árabes, até que no século XIII, Portugal tornou o galego-português como língua oficial.

Com a colonização do Brasil, a língua chegou até aqui, se tornando o vasto e complexo idioma falado por mais de 250 milhões de pessoas em todo o mundo.

Palavras com LH
Avalie essa matéria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *