Brincadeiras Indígenas e Jogos

Você provavelmente já deve ter participado de brincadeiras indígenas quando criança, mesmo que não saiba que ela tem origem indígena. Isso porque elas estão muito presentes na cultura brasileira.

Apesar do Brasil ter sido descoberto em 1500 pelas caravanas de Pedro Álvares Cabral, aqui nessas terras maravilhosas já existia um povo: os índios.

Eles tinham seus próprios sistemas de pesca, agricultura e moradia. Nos dias de hoje, ainda existem povos indígenas vivendo no Brasil, mas infelizmente eles sofrem cada dia mais com a intervenção do homem em suas terras.

Para manter parte da nossa história viva, é importante que ensinemos nossas crianças algumas brincadeiras indígenas. Eles são parte importante do nosso passado e, sem eles, não seríamos o que somos hoje.

Brincadeiras indígenas

As crianças indígenas têm suas próprias brincadeiras e muitas delas foram transmitidas e aprendidas pelos diferentes povos e culturas que habitam o Brasil.

Vivemos em terras cheias de lendas folclóricas, costumes e tradições diferentes, e a aproximação com diferentes tipos de pessoas é o que nos torna humanos e nos permite enxergar coisas que não seria possível se só vivêssemos com nossos semelhantes.

Nos tempos modernos, em que as crianças que vivem nas grandes cidades estão apenas preocupadas com seus celulares e computadores, é importante que as tragamos um pouco do que é levar a vida com simplicidade e sem apetrechos tecnológicos para se divertir.

Os índios vivem em lugares simples, sem tecnologias e sem as regalias que temos todos os dias. Isso faz parte da cultura e da tradição deles, e pode nos ensinar uma lição sobre valorizar as pequenas coisas e a simplicidade.

Os brinquedos indígenas são, na maioria das vezes, feitos pelas próprias crianças e adultos da tribo, que os fabrica com materiais encontrados facilmente na natureza. Não há grandes fábricas de produção em massa fazendo os brinquedos indígenas, e é isso que o dá um valor todo especial.

As brincadeiras não exigem diversos recursos. Se exigir, pode ter certeza que você os encontrará facilmente.

Que tal ensinar as crianças a reconhecer a diversidade do país convidando-as para vivenciar um pouco da cultura dos pequenos indígenas?

brincadeiras indigenas

Jogos e brincadeiras indígenas

Vamos conhecer agora alguns jogos e brincadeiras indígenas para você trabalhar com o público infantil. Confira as mais famosas:

  • Peteca

Atire a primeira “peteca” quem nunca brincou de peteca, não é mesmo? A brincadeira que é muito popular em todo o país, tem origem indígena.

A brincadeira consiste em utilizar um objeto com uma base arredondada (geralmente de borracha) e uma extensão feitas por penas.

A ideia é arremessar a peteca para o outro jogador, como se fosse um jogo de vôlei. O objetivo é fazer com que a peteca não encoste o chão pelo maior número de tempo que conseguir.

jogo de peteca
Foto: hingticonm
  • Corrida do Saci

As corridas são muito famosas por testar a velocidade dos competidores e elas estão presentes em diversos campeonatos ao redor do mundo.

Para tornar a brincadeira ainda mais divertida, os indígenas aprimoraram a corrida e se inspiraram em um personagem muito famoso no nosso folclore brasileiro: o Saci Pererê.

Você já deve até imaginar como essa corrida vai acontecer, certo? O objetivo é correr pulando em um pé só (como o Saci) e chegar primeiro no local indicado. Quem o fizer, ganha a corrida.

Corrida do saci
Foto: Cia do Tomate
  • Arco e Flecha

o Arco e flecha é uma arma indígena muito usada para caças, porém, podemos transformá-los para um brincadeira, basta que se desenvolva um arco e tenha em mão um arco e flecha, o alvo poderá ser numerado e ganha quem fizer maior pontuação ou poderá também ser feito competição de quem acerta o alvo.

brincadeira de arco e flecha
Foto: Youtube
  • Tobdaé

Lembra da peteca que a gente falou no início desse tópico? Nesse jogo, ela é utilizada para “queimar” o adversário (o jogo é brincado em dupla), eliminando-o da partida. É uma versão da nossa famosa queimada, muito jogada nas aulas de educação física.

brincadeira de Tobdaé
Foto: Mauricioesportes
  • Cantiga “Itororó”

Você sabia que provavelmente já disse palavras indígenas sem se dar conta? É o caso da parlenda ou cantiga de roda “Itororó”, que significa água barulhenta.

Segue a letra para realizar uma brincadeira de cantiga de roda:

Fui no Itororó

beber água e não achei

achei bela morena

que no Itororó deixei

 

Aproveita minha gente

que uma noite não é nada

se não dormir agora

dormirá de madrugada

 

Ô Mariazinha, Ô Mariazinha

entre nesta roda ou ficará sozinha

Sozinha eu não fico nem ei de ficar

porque eu tenho o (João) para ser meu par

  • PeixePacu

A brincadeira do PeixePacu consiste em tentar “pescar” os adversários com algo que simule uma vara, como um pedaço de pau.

Ela é uma versão do nosso famoso pega-pega, que costumávamos brincar muito quando éramos crianças.

A ideia é que se brinque em uma grande quantidade de crianças e eleger uma delas para ser o pescador. O pescador tem como objetivo ir atrás das outras crianças e atingi-las com a vara de pescar para fazer com que ela seja eliminada.

Ganha quem ficar mais tempo sem ser pego.

Jogo de peixe pacu
Foto: Youtube

Brincadeiras indígenas na educação infantil

A educação infantil é um bom momento para ensinar as crianças sobre a diversidade.

Devemos aprender desde sempre que não somos únicos no mundo e que existem muitas tradições e culturas diferentes e que devem ser respeitadas.

Na educação infantil, essas brincadeiras indígenas podem ser utilizadas para entretê-las na hora da recreação, enquanto se ensina para elas os valores dos povos mais antigos que habitaram o país.

Em meio as brincadeiras, é uma ótima oportunidade de ensiná-las um pouco mais sobre os índios, quem eles são, onde vivem e suas trajetórias na história.

Os alunos também podem se empenhar na produção dos próprios brinquedos indígenas, com materiais simples de encontrar, como é o caso da peteca.

Dessa forma, as crianças da educação infantil terão a oportunidade de aprender e se divertir ao mesmo tempo.

Agora que você já conhece algumas brincadeiras indígenas, que tal coloca-las em prática com as crianças? Uma coisa é garantida: todos – até mesmo os adultos – irão se divertir com os jogos e brincadeiras aqui propostos.

Brincadeiras Indígenas e Jogos
Avalie essa matéria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *